Hospital de S. João perto do limite: mais de 200 profissionais com covid-19 e internamentos cheios

Hospital pondera activar o nível 3 do plano de contingência, que lhe permite cancelar até 20% da actividade programada. Até agora ainda não foi preciso fazê-lo e decisão de activar ou não esse nível será tomada antes do fim-de-semana.

Foto
O Hospital de São João tem batido recordes de afluência às urgências Manuel Roberto

Com cerca de 80 doentes internados com covid-19, mais de 200 profissionais ausentes por causa da mesma doença, e a chegar ao início de cada dia “sem nenhuma vaga no hospital” para internamentos, o Hospital de S. João, no Porto, reuniu esta semana o seu gabinete de crise e admite a possibilidade de, nos próximos dias, activar o nível 3 do plano de contingência, que lhe possibilita cancelar até 20% da actividade programada, se necessário. Nelson Pereira, director da Unidade Autónoma de Gestão de Urgência e Medicina Intensiva do hospital disse, esta quarta-feira aos jornalistas, que há um problema de gestão do aumento de casos da covid-19 e que não tem dúvida que pelo menos uma medida deve ser revista: a generalização do acesso aos testes.

Sugerir correcção
Ler 40 comentários