A lei da força ou a força da lei?

A guerra da Ucrânia é um confronto entre o princípio imperialista de que as grandes potências têm o direito de estabelecer “esferas de influência” e submeter as outras potências, nessa esfera, a uma soberania limitada, e o princípio democrático de que as nações têm direito a escolher os seus destinos ou, como diz a carta das Nações Unidas, os povos têm o direito a dispor de si próprios.


Sugerir correcção
Ler 5 comentários