Auditoria revela falhas do fisco no controlo dos grupos económicos

IGF diz que a administração fiscal não usa metodologias específicas para universos empresariais. Fisco garante que fiscaliza as maiores empresas e que, nos restantes casos, as direcções de Finanças colaboram entre si e com os serviços centrais.

Foto
A AT recebeu recomendações para melhorar o sistema de informação sobre as empresas dos grupos económicos daniel rocha

A Inspecção-Geral de Finanças (IGF) detectou que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) não tem uma “estratégia de análise de risco”, nem usa “metodologias de controlo” específicas para fiscalizar os grupos económicos em Portugal, o que dificulta a identificação de riscos fiscais em operações realizadas entre empresas do mesmo núcleo societário.

Sugerir correcção
Ler 6 comentários