Da crise à catástrofe

O que é feito de Greta Thunberg, a jovem sueca com cara de menina e verbo da idade do mundo? No seu tempo, que parece já tão longínquo, atravessou continentes, falou aos microfones com maior poder de amplificação, perante sábios e senhores da Terra, pôs multidões de jovens a gritar que a casa está a arder e gente madura a recitar a palavra “Antropoceno”. O que é feito dela, que parecia destinada a uma vida pública sem descanso? Não vim aqui hoje pedir-lhe contas, seria moralmente injusto e formalmente ilegítimo. Mas as grandes promessas e preocupações que ela mobilizou, essas sim, devemos lamentar que tenham sido afastadas do horizonte porque não são hoje menos urgentes.

Sugerir correcção
Ler 11 comentários