Botox: aumentam queixas contra médicos que fazem procedimentos estéticos

A Ordem dos Médicos está a receber cada vez mais queixas contra médicos que fazem procedimentos estéticos com objectivo de diminuir os sinais de envelhecimento. A formação em dermocosmética não está definida em Portugal.

Foto
Ordem dos Médicos está empenhada em criar normas de formação e encontrar pontos de encontro suficientes para considerar a competência em medicina estética Aja Koska/GettyImages

A Ordem dos Médicos (OM) está a receber cada vez mais queixas contra médicos que realizam procedimentos estéticos para diminuir os sinais de envelhecimento, como, por exemplo, a injecção de toxina botulínica (vulgarmente conhecido por botox), preenchimentos com ácido hialurónico e peelings químicos. São técnicas que podem causar grandes deformidades, especialmente se aplicadas por profissionais com formação deficitária ou até sem ela.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários