Partidos dizem “nim” a comissão de inquérito sobre caso de ucranianos de Setúbal

Audições estão marcadas para terça e quarta-feira. Estão já confirmadas a de associações ucranianas e da ministra Ana Catarina Mendes.

Foto
Parlamento faz audições esta terça-feira a entidades no âmbito do caso Setúbal Rui Gaudencio

A ideia lançada no domingo por Luís Montenegro de criar uma comissão de inquérito para apurar o que se passou no processo de acolhimento dos refugiados ucranianos em Setúbal que envolveu pessoas ligadas ao regime de Putin não tem tido uma recepção calorosa entre os partidos. Ao PÚBLICO, os líderes das bancadas parlamentares do PS e do PSD recusaram comentar o assunto, enquanto os restantes partidos, em declarações no Palácio de Belém, andam entre a intenção de “esperar para ver” as audições no Parlamento e a ideia de que todo o processo de acolhimento do país deveria ser analisado.

Sugerir correcção
Comentar