Von der Leyen abre a porta à revisão dos tratados, Macron pede uma nova comunidade política europeia

A Ucrânia esteve no centro dos discursos de comemoração do Dia da Europa, na cerimónia de encerramento da Conferência sobre o Futuro da Europa, em Estrasburgo.

Foto
O Presidente francês, Emmanuel Macron, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen RONALD WITTEK/EPA

Os líderes europeus que participaram na sessão de encerramento da Conferência sobre o Futuro da Europa, esta segunda-feira, em Estrasburgo, contrastaram o espectáculo de paz e democracia que decorreu no hemiciclo do Parlamento Europeu, com a manifestação de força e autocracia que o antecedeu, na parada militar do Dia da Vitória, em Moscovo — e reafirmaram a sua promessa de apoio à Ucrânia, um país invadido onde hoje, vincou o Presidente de França, Emmanuel Macron, “a liberdade e a esperança no futuro têm o rosto da Europa”.

Sugerir correcção
Ler 36 comentários