Estilo de vida saudável pode aumentar a esperança média de vida, revela estudo

Comer melhor e fazer exercício físico não só ajuda a viver mais anos, como permite que se seja afectado pela demência na velhice por menos tempo, sugere a investigação da Universidade Rush, em Chicago, nos EUA.

Foto
Só em Portugal, o Alzheimer afecta mais de 150 mil pessoas Rui Gaudencio

Um estilo de vida saudável pode permitir, aos mais velhos, viverem mais tempo, avança um novo estudo publicado na revista científica britânica BMJ. Ter cuidado com a alimentação e praticar exercício físico, entre outros factores, permite aumentar até três anos de esperança média de vida nas mulheres e mais seis anos nos homens, sugere a investigação.

Sugerir correcção
Comentar