Quem foi “Jane Roe” e como contribuiu para o direito ao aborto nos EUA?

A decisão histórica ainda está em vigor, mas talvez não por muito tempo. O Supremo Tribunal dos EUA pode reverter a decisão no caso Roe vs Wade.

Foto
Norma McCorvey, a mulher que sob o pseudónimo "Jane Roe" levou o Supremo Tribunal a decidir o direito ao aborto. Aqui num protesto, a 4 de Julho de 1989, em Burbank, Califórnia Bob Riha, Jr./Getty Images

Em 22 de Maio de 1970, os advogados de uma mulher grávida identificada apenas como “Jane Roe” entraram com uma acção no tribunal federal de Dallas desafiando uma lei do Texas que proibia o aborto, excepto para salvar a vida da mãe. O caso fez história. Em 22 de Janeiro de 1973, o Supremo Tribunal dos EUA, numa decisão de sete para dois, decidiu que as mulheres têm o direito constitucional ao aborto.

Sugerir correcção
Comentar