Primeiro dilaceram-se os homens

A culpa de uma guerra é sempre de quem a desencadeia. É de quem, tendo nas mãos as rédeas do poder, acha que a guerra é a melhor maneira de resolver uma disputa, seja ela qual for. Uma marcha em Craonne, França, em Abril, pediu a paz na Ucrânia e lembrou outra guerra trágica.

Foto
Janela de uma casa na aldeia de Craonne, Aisne Paulo Faria

Sugerir correcção
Ler 2 comentários