“Ganho 470 euros por mês, é por isso que estou aqui”

No 1.º de Maio, a líder da CGTP pediu medidas extraordinárias para responder à subida da inflação e o aumento do salário mínimo para 800 euros a 1 de Julho. O secretário-geral da UGT prometeu luta em 2023, caso o Governo e os patrões façam orelhas moucas às exigências dos trabalhadores.

salarios,politica,ugt,cgtp,precariedade,inflacao,
Fotogaleria
Isabel Camarinha, líder da CGTP, pediu aumento do SMN de 705 para 800 euros a 1 de Julho Nuno Ferreira Santos
salarios,politica,ugt,cgtp,precariedade,inflacao,
Fotogaleria
Jovens no desfile Alameda Nuno Ferreira Santos
salarios,politica,ugt,cgtp,precariedade,inflacao,
Fotogaleria
A faixa da CGTP Nuno Ferreira Santos
salarios,politica,ugt,cgtp,precariedade,inflacao,
Fotogaleria
Mário Mourão, líder da UGT, prometeu 1.º de Maio de 2023 "sob o signo da luta" LUSA/ANTÓNIO COTRIM

Sugerir correcção
Ler 16 comentários