Morreu Neal Adams, o desenhador que nos revelou a verdadeira face de Batman

Considerado um dos nomes mais importantes e influentes dos comics norte-americanos, foi responsável, no início dos anos 1970, por moldar Batman tal como o conhecemos hoje. Aos 80 anos, o autor da célebre capa de Superman vs Muhammad Ali não resistiu a uma sépsis.

Foto
Reconhecido pelo talento artístico, foi também um empenhado defensor dos direitos dos criadores de banda desenhada Facebook Neal Adams

Para aferir do impacto e importância que tem na história dos comics, bastará referir que, sem ele, não haveria o Batman de Tim Burton ou enquanto Cavaleiro das Trevas, não haveria Joker enquanto psicopata de humor negro, corporizando os abismos da alma humana. Sem ele, não haveria Frank Miller ou Alex Ross, como confessado pelos próprios. Neal Adams, que com o seu trabalho na DC Comics, no início da década de 1970, revolucionou os comics norte-americanos, oferecendo-lhes realismo e densidade psicológica, morreu esta quinta-feira aos 80 anos, vitimado por uma sépsis. A notícia foi avançada por Marilyn Adams, sua mulher ao longo de 45 anos, à Hollywood Reporter.

Sugerir correcção
Comentar