Secretário-geral da ONU imagina as netas nos escombros de Borodianka

António Guterres passou a manhã a visitar as cidades atacadas pelas forças russas nos arredores da capital ucraniana: “Imagino a minha família numa dessas casas destruídas e negras”.

Foto
António Guterres viu a destruição da guerra em Borodianka, Bucha e Irpin ESKINDER DEBEBE/EPA

O secretário-geral das Nações Unidas visitou os escombros das cidades atacadas pelas forças russas nos arredores de Kiev e discursou frente ao busto baleado do poeta Taras Shevchenko. Com as costas voltadas para edifícios destruídos por bombas de 500 quilos, António Guterres foi emotivo ao falar de um conflito que, em pleno século XXI lhe parece “um absurdo”.

Sugerir correcção
Ler 13 comentários