Guterres foi a Moscovo para “salvar vidas”, mas ouviu a retórica do Kremlin

Putin voltou a acusar Kiev de não querer organizar corredores humanitários em Mariupol e de ter encenado o massacre de Bucha. Na Alemanha, EUA e aliados dizem-se empenhados na vitória da Ucrânia.

vladimir-putin,russia,ucrania,europa,nato,onu,
Fotogaleria
O secretário-geral da ONU, António Guterres, com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, em Moscovo,O secretário-geral da ONU, António Guterres, com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, em Moscovo RUSSIAN FOREIGN AFFAIRS MINISTRY HANDOUT/EPA,RUSSIAN FOREIGN AFFAIRS MINISTRY HANDOUT/EPA
vladimir-putin,russia,ucrania,europa,nato,onu,
Fotogaleria
Guterres reuniu-se com Putin antes de se deslocar a Kiev Reuters/SPUTNIK

Sugerir correcção
Ler 40 comentários