Como Zelensky pediu ajuda a Portugal e evocou o 25 de Abril

Santos Silva garantiu que a Ucrânia “conta com Portugal”. A bancada do PCP, que não esteve presente na sessão, considerou “um insulto” a referência à Revolução dos Cravos.

RG Rui Gaudêncio - 21 Abril 2022 - Audição do Zelenskii na Assembleia da República. Lisboa. Público�
Fotogaleria
O Presidente da Ucrânia na sessão solene da Assembleia da República RG Rui Gaudêncio
RG Rui Gaudêncio - 21 Abril 2022 - Audição do Zelenskii na Assembleia da República. Lisboa. Público�
Fotogaleria
A bancada do PCP ficou vazia RG Rui Gaudêncio
RG Rui Gaudêncio - 21 Abril 2022 - Audição do Zelenskii na Assembleia da República. Lisboa. Público�
Fotogaleria
O aplauso de pé foi longo, e apenas não foi acompanhado pelos membros do Governo, por "não ser tradição" RG Rui Gaudêncio

No dia em que cumpriu três anos de mandato como Presidente da República da Ucrânia e ao 57º dia após ver o seu país invadido pela Rússia, Volodymyr Zelensky discursou por videoconferência na Assembleia da República de Portugal, país que embora fique do outro lado da Europa, como referiu, partilha dos mesmos “valores e direitos que devem existir na Europa de uma ponta a outra”. Evocou o 25 de Abril e pediu ajuda em armamento pesado, influência junto dos parceiros europeus e dos países africanos de língua portuguesa e reforço das sanções contra a Rússia.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários