Marine Le Pen acusa UE de fazer “jogo sujo” nas presidenciais francesas

Campanha da candidata da extrema-direita diz que está habituada a que a União Europeia venha “em auxílio do seu soldadinho” Macron. A última semana de campanha arranca com Le Pen a tentar recuperar do golpe e a preparar o debate de quarta-feira com Macron.

Foto
Marine Le Pen e o seu antigo companheiro Louis Aliot, que também é acusado Reuters/CHARLES PLATIAU

Marine Le Pen, candidata à presidência francesa e líder da União Nacional, acusa a União Europeia de fazer “jogo sujo” e de tentar influenciar as eleições em França a favor de Emmanuel Macron, o seu adversário nesta segunda volta das eleições presidenciais francesas, que se disputam no domingo, dia 24. A candidata da extrema-direita francesa diz que as acusações de desvio de dinheiro público por parte do Parlamento Europeu não a apanham de surpresa e que “os franceses não se deixarão enganar.”

Sugerir correcção
Ler 22 comentários