A arte de preparar o anho pascal, a divina comezaina descrita por Eça de Queiroz

José Queiroz Pinto gosta de dizer que cresceu com o cheiro a anho, mas faz também todas as receitas que são descritas no romance centrado na Quinta de Tormes. O pastelão de salpicão e o frango com arroz de favas são outros troféus.

Foto
Baião. Quinta de Tormes. Anho da Páscoa. Chef António Queiroz Pinto Anna Costa

É com A Cidade e as Serras como guião que rumamos a Tormes, ao encontro do saboroso roteiro que devolveu a Jacinto o vigor físico e os prazeres da mesa. Na casa que hoje acolhe a Fundação Eça de Queiroz preserva-se com absoluto rigor toda a ambiência da época - e também a paisagem que se desenrola encosta abaixo até às águas do Douro não se terá alterado assim tanto.

Sugerir correcção
Comentar