Acerca do poder político em Portugal

O país tem um problema sistémico na relação entre os deputados eleitos e os eleitores que está por resolver. Os deputados são eleitos por círculos eleitorais distritais e a seguir é suposto representarem não os eleitores dos círculos de eleição, mas o “interesse nacional”, em abstrato.

O poder centralizado no rei sempre foi grande no país. José Mattoso diz que o Estado precedeu a Nação em Portugal. Já no século XIX, numa viagem marítima junto à costa, o rei D. Luís I perguntou a um grupo de pescadores se eram espanhóis. Ofendidos, os pescadores responderam que não: eram poveirinhos pela graça de Deus, do Reino da Póvoa. Referiam-se à Póvoa do Varzim. Ainda durante o período da reconquista cristã, a única região do país que teve um regime senhorial foi o Noroeste, diz José Mattoso. Mas era uma coisa de pequena escala. Mesmo nesta região, o poder do rei era grande.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários