Amnistia fala em graves violações de direitos humanos em Angola

Relatório sobre o estado dos direitos humanos no mundo mostra que a situação no país da África Austral se deteriorou.

Foto
A polícia tem vindo a reprimir com violência os protestos em Angola LUSA

Execuções extrajudiciais, uso excessivo da força, prisões arbitrárias, expropriações de terras de comunidades para uso comercial, o relatório anual da Amnistia Internacional (AI) sobre O Estado dos Direitos Humanos no Mundo desenha um retrato sombrio da situação actual em Angola, onde a pior seca em 40 anos não teve por parte do Estado resposta à altura.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários