Leão promete a Bruxelas que Medina vai colocar o défice a zero em 2025

O ainda ministro das Finanças anunciou que iria entregar o Programa de Estabilidade 2022-2026 a um Parlamento que ainda espera a entrada dos novos deputados eleitos.

Foto
Daniel Rocha

A poucos dias de abandonar a pasta das Finanças e depois de ter visto o INE a confirmar que o défice público ficou abaixo de 3% no ano passado, João Leão disse esta sexta-feira que ia entregar no Parlamento os grandes números da estratégia económica e orçamental que é suposto o novo Governo aplicar nos próximos quatro anos. Um regresso aos excedentes orçamentais e uma dívida perto de 100% até 2026 são os grandes objectivos deixados pelo ainda ministro ao seu sucessor, Fernando Medina.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários