“Produtos alimentares com marca têm mais dificuldade” em passar aumentos ao mercado

Jorge Tomás Henriques, presidente da Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares, defende a criação de “stocks mínimos de segurança que permitam salvaguardar a produção e abastecimento dos consumidores” na UE e Portugal.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Sugerir correcção
Ler 3 comentários