E se a China “ganhar” a guerra da Ucrânia?

Estará a Rússia à beira de derrota e a caminho de se tornar num estado vassalo de Pequim? O sempre optimista Fukuyama prevê o regresso do “espírito de 1989”


Sugerir correcção
Ler 33 comentários