Nuno Guerreiro: “Não temos de seguir ventos, temos de seguir a nossa alma”

É um retrato com outro retrato dentro. Na capa, o músico surge numa pintura de Pedro Guimarães; no disco, ouvimo-lo retratado em dez canções de Tiago Torres da Silva. Na Hora Certa chega esta sexta-feira às lojas, em CD.

Foto
Nuno Guerreiro no videoclipe de Ir em cantigas DR

As letras são todas de Tiago Torres da Silva, as músicas de Pedro Jóia; a voz é de Nuno Guerreiro, naquele que é o seu quarto disco a solo, Na Hora Certa. Chega esta sexta-feira às lojas, em CD, depois de se estrear nas plataformas digitais e passado um mês da sua apresentação com um single e videoclipe, Ir em cantigas, que já lhe desvendava a capa: um retrato do cantor pintado pelo artista plástico Pedro Guimarães. Já as canções compõem um outro retrato daquele que foi (e ainda é) conhecido como a voz da Ala dos Namorados.

Sugerir correcção
Comentar