No adeus ao escudo ficaram por trocar 94 milhões de euros

Último dia para trocar notas da série Descobrimentos foi na passada segunda-feira. Montante em causa representa um ganho para o Banco de Portugal e para o Estado e junta-se aos 92,9 milhões de euros da prescrição de outras séries desde o início do euro.

Foto
Notas de escudo vão ser queimadas Nuno Ferreira Santos

O balanço do último adeus ao escudo, feito esta quarta-feira pelo Banco de Portugal, mostra que ficaram por trocar notas da série Descobrimentos no valor de 94 milhões de euros. Este era o conjunto de notas, de 500 até 10 mil escudos com rostos de personalidades históricas, que estavam em circulação há vinte anos e foram substituídas pelo euro.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários