Juízes desavindos há dez anos desafiados a fazerem as pazes

Supremo Tribunal de Justiça tenta acabar com guerra judicial que dois magistrados mantêm há mais de uma década e que descambou em insultos. Missão de paz parece no entanto votada ao insucesso.

Foto
Remonta há 11 anos a primeira batalha entre os dois magistrados Rui Gaudêncio

Os dois juízes que mantêm há dez anos uma guerra sem quartel entre si, com queixas nos tribunais e no Conselho Superior da Magistratura, foram desafiados a enterrarem os machados e a fazerem as pazes.

Sugerir correcção
Ler 7 comentários