Lídia Matos despediu-se do escudo com 50 euros para si e 249 para a amiga

No último dia em que se podia trocar notas de escudo por euros no Banco de Portugal, não houve grandes filas em Lisboa. No final de Janeiro, estavam ainda na posse do público 11,41 milhões de notas da série Descobrimentos, correspondentes a 94,66 milhões de euros.

notas,dinheiro,moedas,economia,banco-portugal,euro,
Fotogaleria
Houve um período de vinte anos para a troca por euros. Nuno Ferreira Santos
notas,dinheiro,moedas,economia,banco-portugal,euro,
Fotogaleria
Notas são furadas depois de recebidas no banco central, e depois incineradas. Nuno Ferreira Santos

Lídia Matos, uma bancária de 66 anos já reformada, não conseguiu libertar-se de todo o passado com que entrou esta segunda-feira de manhã na tesouraria do Banco de Portugal (BdP), em Lisboa. Uma vez fora das instalações na Rua do Ouro, naquele que fica para a história como o último dia em que se podiam trocar por euros as notas de escudo que estavam em circulação quando a moeda única foi introduzida, trazia ainda consigo alguns exemplares de notas de fases anteriores, e que já antes tinham perdido qualquer valor monetário.

Sugerir correcção
Comentar