Plataformas de TVDE dão maior receita de sempre ao Estado no segundo semestre de 2021

Esta quarta-feira, o Movimento TVDE voltou a realizar uma acção reivindicativa, com início no Jamor, defendendo alterações à lei em vigor.

RG Rui Gaudêncio - 23 Fevereiro 2022 - 6ª paralisação dos motoristas e parceiros das plataformas digitais TVDE que reivindicam melhores condiçoes de serviços e trabalho. Lisboa. Público �
Fotogaleria
Movimento TVDE organizou esta quarta-feira a sexta manifestação para pressionar mudanças no sector Rui Gaudêncio
RG Rui Gaudêncio - 23 Fevereiro 2022 - 6ª paralisação dos motoristas e parceiros das plataformas digitais TVDE que reivindicam melhores condiçoes de serviços e trabalho. Lisboa. Público �
Fotogaleria
RG Rui Gaudêncio - 23 Fevereiro 2022 - 6ª paralisação dos motoristas e parceiros das plataformas digitais TVDE que reivindicam melhores condiçoes de serviços e trabalho. Lisboa. Público Rui Gaudêncio

Os operadores de plataforma electrónica de TVDE, como a Uber, Free Now e Bolt, pagaram um total de 1,99 milhões de euros ao Estado no segundo semestre do ano passado por via da contribuição de regulação e supervisão (CRS), de acordo com os dados fornecidos ao PÚBLICO pela Autoridade da Mobilidade e Transportes (AMT).

Sugerir correcção
Ler 5 comentários