Recados sobre o défice para o novo Governo

Se os mercados dessem tanta preponderância à credibilidade do governo e da sua política orçamental, as taxas de juro teriam caído.

Do Santander Totta:

Os leitores são a força e a vida do jornal

O contributo do PÚBLICO para a vida democrática e cívica do país reside na força da relação que estabelece com os seus leitores.Para continuar a ler este artigo assine o PÚBLICO.Ligue - nos através do 808 200 095 ou envie-nos um email para assinaturas.online@publico.pt.
Sugerir correcção
Ler 13 comentários