Moscovo já atacou

Tudo o que sucedeu nas últimas semanas é suficiente para exigir que seja reforçada a segurança e os cuidados em torno dos serviços digitais e de comunicações sem os quais já não sabemos bem como viver.

Se querem perceber a frágil teia em que assentam algumas das estruturas essenciais ao funcionamento da nossa sociedade, é olhar para os sucessivos ataques cibernéticos de que foram vítimas diferentes empresas e instituições em Portugal, nas últimas semanas.

Sugerir correcção
Ler 27 comentários