Putin no parlamento português

Já não espanta que o PCP insista no apoio ao regime da Rússia. O que não sabemos, por enquanto, é se o Chega tem um alinhamento tão claro como outras forças do grupo europeu Identidade e Democracia.

Há dois equívocos habituais sobre a crise na Ucrânia. O primeiro é o de que estamos na antecâmara de uma guerra, expectantes para ver se ela deflagra ou não. O segundo é o de que a crise é só uma questão de luta pelo poder geoestratégico, nada tendo de ideológico.

Sugerir correcção
Ler 25 comentários