As mulheres ao poder (e um prémio da crítica para Portugal) no palmarés de Berlim

O belíssimo Alcarràs, da espanhola Carla Simón, é o Urso de Ouro do festival alemão, num palmarés que, apesar de Hong Sang-soo, se declinou quase exclusivamente no feminino. Entre os portugueses, Super Natural, de Jorge Jácome, foi o único premiado.

Foto
Carla Simón levou o Urso de Ouro para Espanha Hannibal Hanschke/Reuters

“O mundo está a tornar-se mais pequeno, e é importante por isso que os festivais existam em sala, para podermos partilhar o cinema com todos”, disse esta noite a cineasta austríaca Ruth Beckermann, ao receber o prémio entregue ao seu filme, Mutzenbacher, na secção Encounters. Não podia ter havido melhor “remate” para a competição da Berlinale de 2022, que terminou com a entrega do Urso de Ouro ao melhor filme a concurso: Alcarràs, segunda longa-metragem da espanhola Carla Simón, sereno e atento drama familiar sobre os tempos que mudam numa aldeia catalã.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários