Duas semanas na estrada para fazer o que não foi feito antes: caçar votos e desfazer empates

Todos os partidos que elegeram deputados em 2019 deverão eleger também agora. Foi por isso que lutaram nos últimos dias.

politica,cdu,be,cdspp,psd,ps,
Fotogaleria
LUSA/ANTÓNIO COTRIM
politica,cdu,be,cdspp,psd,ps,
Fotogaleria
LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO
politica,cdu,be,cdspp,psd,ps,
Fotogaleria
LUSA/RUI MINDERICO
politica,cdu,be,cdspp,psd,ps,
Fotogaleria
LUSA/FILIPE FARINHA
,Carro
Fotogaleria
LUSA/NUNO ANDRÉ FERREIRA
Fotogaleria
Nuno Ferreira Santos
,LIVRE
Fotogaleria
LUSA/ANTÓNIO COTRIM

Treze dias depois de começar, a campanha termina nesta sexta-feira com a bipolarização ao rubro. PS e PSD radicalizam discursos, ao mesmo tempo que sinalizam possíveis entendimentos depois das eleições. Como disse Rui Rio na TSF, parafraseando Vitorino Silva, do RIR, pode haver “um 31 no dia 31” e, nesse caso, caberá a Marcelo Rebelo de Sousa desfazer o novelo. Mas há outros partidos que concorrem por outros lugares no top dos mais votados e dos 230 lugares no Parlamento.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários