Acusado pela oposição de “enganar” e “mentir” ao Parlamento, Johnson recusa demitir-se

Líder da oposição diz que a polémica das festas em Downing Street, durante a pandemia, está a “causar imensos danos na confiança” da população no Governo e nas instituições políticas do Reino Unido.

Foto
Protesto contra Boris Johnson nas imediações do Parlamento britânico, em Londres ANDY RAIN/EPA

Em dia de mais um tenso e desordeiro debate semanal na Câmara dos Comuns de Westminster, e com a nuvem negra da possibilidade de o inquérito interno aos convívios em Downing Street durante a pandemia ser publicado a qualquer momento a pairar sobre a cabeça dos deputados, o conteúdo e o tema das intervenções desta quarta-feira não foram muito diferentes em relação aos últimos dias.

Sugerir correcção
Comentar