Olhos postos no futuro sem esquecer o passado

Os professores, ao votarem, terão os olhos postos no futuro, mas não esquecerão o passado, tão próximo que ainda está. Para si, útil será o voto que ajudar a eleger quem defende a Educação.

Para a Educação, a Escola Pública e os seus profissionais, docentes e não docentes, uma vitória eleitoral do PS com maioria absoluta ou o regresso do PSD ao poder, suportado – ou não – pelos partidos à sua direita, seria uma má notícia.

Sugerir correcção
Ler 9 comentários