Jogadora de 14 anos do Sporting alvo de insultos racistas

Um adepto terá mandando calar a jogadora, proferindo um insulto racista, e a futebolista perdeu o controlo e respondeu ao insulto tendo sido expulsa como consequência. “O Sporting repudia qualquer acto de racismo e está com a jogadora na luta pela igualdade. Nesta luta, nunca estarás sozinha”, escreveu o clube no Twitter.

Foto
A adolescente foi vítima de insultos “que ofendem qualquer jogadora que joga contra rapazes e percorre um sonho”, diz o técnico do Sporting Hugo Santos/ Arquivo

O Sporting repudiou esta terça-feira os insultos racistas dirigidos no domingo à jogadora Cíntia Martins, de 14 anos, que acabou expulsa por denunciar o acto num jogo de futebol de iniciados, que opôs os “leões” à Fundação Salesianos. O jogo aconteceu entre a equipa feminina do Sporting e uma equipa masculina, num campeonato misto.

“Cíntia Martins, do Sporting, foi ontem [domingo] vítima de racismo por parte de adeptos adversários, durante o jogo das iniciadas. O Sporting repudia qualquer acto de racismo e está com a jogadora na luta pela igualdade. Nesta luta, nunca estarás sozinha”, escreveu o clube “leonino” na rede social Twitter.

Segundo o técnico dos “verdes e brancos” Paulo Conceição, a adolescente foi vítima de insultos “que ofendem qualquer jogadora que joga contra rapazes e percorre um sonho”. Um adepto terá mandando calar a jogadora, proferindo um insulto racista, e a futebolista perdeu o controlo e respondeu ao insulto tendo sido expulsa como consequência.

“Na altura não tinha percebido o sucedido, mas, se tivesse ouvido tal comentário, não teria continuado o jogo. Com 23 anos foi a primeira vez que me senti impotente, sem saber o que se passava e sem saber o que fazer. Nenhum sistema táctico ou substituição mudava ou alterava alguma coisa”, escreveu o técnico, na rede social Facebook.

“Ninguém, mas ninguém deve ser julgado pela sua idade, género, orientação sexual ou tom de pele, muito menos uma criança de 14 anos”, refere, na mesma publicação.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários