Presidente sempre presente

Há mais de dois anos, na Autoeuropa, o primeiro-ministro lançou a reeleição de Marcelo Rebelo de Sousa.

Foto
DR

Não é de hoje, basta recuar algum tempo, para, consistentemente, o primeiro-ministro, António Costa, mostrar agrado político e simpatia pessoal pelo Presidente da República. Foi isso que aconteceu em 13 de Maio de 2020, na antecâmara das presidenciais em que o PS não apresentou candidatura formal ou apoio explícito, durante uma visita à Autoeuropa quando Costa prometeu lá voltar com Marcelo Rebelo de Sousa, entretanto reeleito. Disse, também, que queria continuar a trabalhar com Marcelo. A candidata Ana Gomes, da família socialista, ficou perplexa.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários