Deputada conservadora diz que foi afastada do Governo de Johnson por ser muçulmana

Ex-subsecretária de Estado diz que a liderança tory lhe deu conta do “desconforto” de alguns colegas. Responsáveis pela implementação da disciplina de voto no Partido Conservador estão debaixo de fogo por causa das denúncias de “chantagem” e intimidação aos opositores do primeiro-ministro.

Foto
Nusrat Ghani foi subsecretária de Estado do Ministério dos Transportes britânico entre 2018 e 2020 UK Parliament/Jessica Taylor/Reuters

Nusrat Ghani, antiga subsecretária de Estado dos Transportes do Governo de Boris Johnson, revelou que foi afastada do cargo, em Fevereiro de 2020, por ser muçulmana. Em declarações reproduzidas neste domingo pelo Sunday Times, a deputada disse que um whip conservador lhe explicou que alguns colegas do partido se sentiam “desconfortáveis” devido ao seu “estatuto de ministra muçulmana e mulher”.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários