Comores, uma loucura de futebol cada vez maior

A selecção do quarto país mais pequeno de África fez história na CAN ao eliminar um dos gigantes do continente, o Gana.

Foto
As Comores estão na CAN pela primeira vez REUTERS/Thaier Al-Sudani

De acordo com as Nações Unidas, África tem 54 países soberanos. Quase todos (44) já participaram na Taça das Nações Africanas (CAN) em futebol, menos de metade (18) foi à final e 14 chegaram ao título. A primeira edição aconteceu em 1957 e nunca deixou de haver, pelo menos, um estreante, até porque o número de selecções participantes foi sempre aumentando – começaram por ser três, já vai em 24. Olha-se sempre para os estreantes com mais esperança do que expectativa, sendo que há registo de três selecções a ganharem na sua primeira participação, todos em circunstâncias especiais: o Egipto na primeira CAN em 1957, o Gana na terceira, em 1963, e, em 1996, ganhou a África do Sul, antes impedida de participar por causa do apartheid, um regime de discriminação racial, que vigorou no país durante mais de quatro décadas.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários