Identificadas com mais pormenor diferenças no cérebro de ratinhos macho e fêmea

Grupo de cientistas dos Estados Unidos diz ter agora descoberto cerca de dez vezes mais diferenças na actividade de genes entre os cérebros de ratinhos macho e fêmea do que estudos anteriores.

Foto
Apesar de este estudo só ter sido feito em ratinhos, a equipa investigou estruturas cerebrais que são semelhantes noutros mamíferos, incluindo nos humanos DR

Uma equipa de cientistas nos Estados Unidos esteve a olhar ao pormenor para o cérebro de ratinhos macho e fêmea. Qual a sua missão? Desvendar com mais precisão as diferenças na actividade genética dos dois sexos. Os resultados são agora divulgados na revista científica Cell: observou-se que mais de 1000 genes apresentavam diferenças de actividade entre os ratinhos macho e fêmea. Apesar de só terem olhado para o cérebro de roedores, os investigadores dizem que as divergências encontradas estão, provavelmente, reflectidas em homens e mulheres.

Sugerir correcção
Ler 2 comentários