A ciência fica à porta dos debates eleitorais

Não é por acaso que os países mais desenvolvidos do mundo são aqueles que mais apostam em investigação e inovação.

Tal como habitualmente indicamos nos artigos científicos, tenho um conflito de interesse a reportar: sou cientista e defendo a qualidade dos cientistas e da ciência portuguesa com afinco. Mas a qualidade da ciência tem um custo e a ciência em Portugal vive de migalhas.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários