Vicente Soares Faria: “Timor é o único país membro da CPLP que não tem governação local”

Fez parte da Resistência timorense, lutando pela independência do seu país, e hoje luta pelo seu desenvolvimento. Vicente Soares Faria acaba de se doutorar em Portugal, na Universidade de Aveiro, com uma investigação que aborda a inexistência de poder local no seu país. Também o preocupa a elevada taxa de pobreza, assim como a ameaça que paira sobre a língua portuguesa em Timor.

Foto
Adriano Miranda

Os anos vão passando, mas há imagens e factos que o tempo não consegue apagar da memória de Vicente Soares Faria. Recorda as datas — tanto as felizes, como as infelizes — com exactidão, enunciando, de cor e salteado, a história que ajudou a construir, a par com aquele a quem faz questão de tratar sempre como “comandante”, Xanana Gusmão, entre outros. Viveu no mato, ousou denunciar em território norte-americano a violência exercida contra o povo timorense durante a ocupação indonésia, e fez parte da Assembleia Constituinte de Timor-Leste.

Sugerir correcção
Comentar