Eis, em dois debates, o que a direita deve e não deve ser

A direita mostrou-se no seu melhor no debate entre Rio-Cotrim de Figueiredo. No [não consigo definir] Rodrigues dos Santos-Ventura assistimos à sua pulsão destrutiva.

Em dois debates, esta semana, a direita mostrou-se no seu melhor e no seu pior. O melhor viu-se no debate entre Rui Rio e João Cotrim de Figueiredo. O PSD e a IL são os dois únicos partidos da direita que escolheram dar prioridade na campanha a temas que dizem respeito à maioria dos portugueses, como o aumento dos rendimentos e a valorização do esforço individual e das famílias (a partir do crescimento económico e da redução dos impostos) ou o maior acesso a serviços de saúde e educação (pelo aumento da liberdade de escolha).

Sugerir correcção
Ler 2 comentários