A Itália reentra no túnel da incerteza

A insólita candidatura de Berlusconi à Presidência da República tanto pode redundar numa farsa como desencadear um novo descarrilamento da política italiana.

Foto
Silvio Berlusconi sempre sonhou culminar a sua carreira na Presidência da República Matteo Corner/EPA

A política italiana é quase sempre teatro, geralmente no registo de comédia, por vezes no de tragédia. A eleição do Presidente da República deveria ser um acto da rotina democrática, mas está a transformar-se em drama. A inesperada candidatura de Berlusconi tanto pode redundar em nada como desencadear um novo descarrilamento. Ontem, em Roma, os seus aliados Matteo Salvini, da Liga, e Giorgia Meloni, do Irmãos de Itália, propuseram formalmente a sua candidatura. Mas pode ser uma farsa.

Sugerir correcção
Ler 4 comentários