Cartel no crédito: só cinco bancos colocam gestores a responder em tribunal

Em 11 bancos, só o BPI, o Santander, o BCP, a CGD e o Montepio indicaram um representante para responder em tribunal. Ulrich falará em nome do BPI.

Foto
Fernando Ulrich (à esquerda) irá representar o BPI, de que é presidente não executivo Rui Gaudêncio

O Tribunal da Concorrência, onde está a ser julgado o “cartel da banca”, vai ouvir na última semana de Janeiro os representantes de topo de cinco dos 11 bancos a quem a Autoridade da Concorrência (AdC) aplicou coimas de 225 milhões de euros pela alegada prática concertada de troca de informação sobre crédito à habitação, ao consumo e às empresas durante mais de dez anos, de 2002 a 2013.

Sugerir correcção
Ler 5 comentários