Johnson ganha tempo enquanto os tories discutem o seu futuro como primeiro-ministro do Reino Unido

Aliados e ministros defendem Johnson das críticas – internas e externas – ao pedido de desculpas por ter estado numa festa, em confinamento, e aguardam pelo resultado das investigações. Mas já há nomes de potenciais sucessores em cima da mesa.

Foto
Inquilino do número 10 de Downing Street pode estar prestes a mudar ANDY RAIN/EPA

O futuro de Boris Johnson à frente do Governo do Reino Unido pode ter os dias contados, na sequência da onda de críticas, vindas da oposição e do próprio Partido Conservador, à confissão e pedido de desculpas que fez, na quarta-feira, por ter participado numa festa em Downing Street, em Maio de 2020, quando o país estava em confinamento.

Sugerir correcção
Comentar