Padel. Governo em homenagem a “campeões da Europa” que venceram o País Basco

João Paulo Rebelo entregou numa gala da federação de padel placas alusivas à conquista do “Europeu”, mas a SEDJ diz agora que esse acto não pode “ser entendido como uma validação de títulos”.

instituto-portugues-desporto-juventude,pais-basco,modalidades,desporto,secretaria-estado-desporto,governo,
Fotogaleria
Vítor Pataco e João Paulo Rebelo entregam a Kátia Rodrigues a placa comemorativa pela vitória no "Europeu" DR
Vítor Pataco e João Paulo Rebelo entregam a Vasco Pascoal a placa comemorativa pela vitória no "Europeu"
Fotogaleria
Vítor Pataco e João Paulo Rebelo entregam a Vasco Pascoal a placa comemorativa pela vitória no "Europeu" DR
instituto-portugues-desporto-juventude,pais-basco,modalidades,desporto,secretaria-estado-desporto,governo,
Fotogaleria
DR
instituto-portugues-desporto-juventude,pais-basco,modalidades,desporto,secretaria-estado-desporto,governo,
Fotogaleria
DR
instituto-portugues-desporto-juventude,pais-basco,modalidades,desporto,secretaria-estado-desporto,governo,
Fotogaleria
DR

A prova, realizada em Bilbau, não foi homologada pela federação espanhola (FEP), não era reconhecida pela federação internacional (FIP) e o Conselho Superior dos Desportos (CSD), organismo governamental responsável pelo desporto espanhol, considera que o evento foi promovido por “uma associação privada”. Porém, a Federação Portuguesa de Padel (FPP) proclamou-se, após derrotar o País Basco, “campeã da Europa”. Por isso, a 11 de Dezembro homenageou os atletas que venceram o FEPA European Padel Absolute Teams Championships. Na cerimónia, as placas alusivas ao título de “campeão da Europa” foram entregues pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto e pelo presidente do Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ).

Sugerir correcção
Ler 2 comentários