Bastava a palavra de Salgado para transferir milhões sem documentos de suporte, diz contabilista suíço

Julgamento do ex-banqueiro aproxima-se do fim. Juiz volta a manifestar interesse em ouvir Ricardo Salgado em tribunal e marca alegações finais para 8 de Fevereiro.

Foto
Ordem de Salgado era suficiente para transferir milhões LUSA/PAULO CUNHA

O contabilista e alto quadro do Grupo Espírito Santo (GES) Jean-Luc Schneider confirmou esta quinta-feira em tribunal que foram feitas transferências de milhões de euros sem que tenham existido quaisquer documentos de suporte. Esta testemunha era responsável pela operacionalização de transferências bancárias e pela manutenção do registo de contabilidade na Espírito Santo (ES) Enterprises, conhecida como o “saco azul” do GES.

Sugerir correcção
Ler 3 comentários