Afinal, a molécula que trava o sistema imunitário também o desregula

Equipa de cientistas conseguiu perceber por que razão os tratamentos de cancros e outras doenças com uma promissora molécula anti-inflamatória chamada IL-10 estavam a falhar. O travão do sistema imunitário transforma-se em acelerador.

Foto
Imagem de microscopia electrónica de fibroblastos da pele expostos a excesso da citocina IL-10: a estrutura de organelos fundamentais das células é alterada na presença de IL-10, algo inesperado e que o novo trabalho permite compreender i3s

Não fosse estarmos a tratar de ciência e era caso para dizer que há alturas em que o feitiço se parece virar contra o feiticeiro. Essa será uma possível leitura final desta história sobre uma citocina chamada interleucina-10 (IL-10), produzida por células do sistema imunitário. Uma equipa de cientistas coordenada pelo Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (I3S) da Universidade do Porto conseguiu esclarecer a razão do fracasso das terapias que queriam explorar o potencial anti-inflamatório desta molécula. É que, em resumo, quando é administrada em doses elevadas no organismo a IL-10, transforma-se num agente pró-inflamatório.

Sugerir correcção
Comentar