A responsabilidade social “traz sentido à vida” e também às empresas

O Continente, a Delta Cafés e a Salvador Caetano são três exemplos de negócios portugueses que têm a solidariedade no seu ADN, mas nem sempre o comunicam. “A responsabilidade social primeiro faz-se e depois comunica-se”, sublinha Paula Arriscado.

O Continente criou este ano a campanha Luzes com Presença, destinada a combater o isolamento social. A Delta lançou um programa de bem-estar para os colaboradores, para promover um estilo de vida mais saudável. E a Salvador Caetano tem um centro de formação desde 1983. São três exemplos de empresas portuguesas que promovem a responsabilidade social ─ testemunhos partilhados esta quarta-feira, em mais uma edição da Conversa Ímpar, onde se debateu o carácter de cidadania ou marketing destas acções.

Sugerir correcção
Comentar