The Guardian descobre a aldeia de Cabeça: é a “capital do Natal de Portugal”

Cabeça, Aldeia Natal nas bocas do mundo. Uma terra de “maravilhas artesanais” natalícias.

seia,serra-estrela,guarda,natal,fugas,media,
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda
seia,serra-estrela,guarda,natal,fugas,media,
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda
seia,serra-estrela,guarda,natal,fugas,media,
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda
seia,serra-estrela,guarda,natal,fugas,media,
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda
Fotogaleria
Cabeça, Aldeia Natal (2018) Adriano Miranda

Este Natal, a aldeia de Cabeça andou mais nas bocas do mundo do que é costume. É certo que aqui pela Fugas já nos habituamos a destacar o Natal desta sedutora aldeia da Serra da Estrela, incluindo este ano, com as devidas adaptações à pandemia.

Mas o jornal britânico The Guardian também se deixou encantar por aquela povoação altaneira que se decora com naturalidade e tradição todos os anos: É “a capital do Natal de Portugal”, titula o jornal na sua secção de viagens e vê-se em primeiro plano, seguida de sugestões como Bruges, Vílnius, Tallin, Colmar e Praga.

O artigo foi o destaque de Natal e a reportagem acompanha como “todos os anos esta comunidade no topo da serra se torna a Aldeia de Natal, uma rústica e festiva terra das maravilhas artesanais que atrai visitantes de todo o lado”. E, com este artigo na memória, é bem possível que em 2022 cheguem mais...

Foto
Cabeça nelson garrido

A reportagem acompanha preparativos do Natal de Cabeça, referindo como nos últimos oito anos os cerca de 170 habitantes transformam a aldeia numa “rústica terra encantada de Inverno”.

Por entre os habitantes a trabalhar nas célebres decorações naturais da aldeia, o jornalista Oliver Balch, que assina a reportagem, ainda descobre o caldo verde, a morcela ou a alheira ou o pica-pau e deixa a sugestão de descobrir mais projectos das Aldeias de Montanha.

Cabeça, Aldeia Natal é uma iniciativa em que todos os anos a decoração é diferente, mas sempre ecodecoração, por isso mesmo também se aproveitam e restauram alguns enfeites de edições anteriores. José Marques e Luísa Dias são os criativos de Cabeça e passam “quase todo o ano a pensar” no que irão fazer a cada Natal, como explicava José à Fugas aqui.

O pavilhão da aldeia vira"fábrica “de decorações natalícias e é onde a população da aldeia se concentra todos os dias. Além das decorações no xisto, há também um programa de animação, nos últimos dois anos mais online e/ou adaptado à pandemia.

O artigo to The Guardian está disponível aqui.

Sugerir correcção
Comentar